ConhecimentoGeral

// Definição, referências, fotos e vídeos de termos e assuntos de conhecimento geral //


Pintura realista


A pintura do Realismo começou por manifestar-se no tratamento da paisagem, que se despiu da exaltação e personificação românticas para se ater, simplesmente, na reprodução desapaixonada e neutra, do que se oferece à vista do pintor. Passou, depois, aos temas do quotidiano, que tratou de forma simples e crua, sem nada acrescentar ou retirar à realidade. Apesar de tudo, o realismo manteve-se nos seus preceitos académicos, como a exatidão do desenho e perfeito acabamento do quadro.

Foi em França que a pintura adquiriu uma particular intensidade, contado com grandes nomes como: Camille Corot, impulsionador do paisagismo realista; J.-F. Millet e Honoré Daumier, que retrataram a vida dura dos camponeses e do operariado citadino; Gustave Courbet, verdadeiro entusiasta da pintura morta; Édouard Manet, pintor multifacetado que abriu à sua arte novos horizontes.

Os quadros realistas chocaram a sociedade burguesa da época que era ligada às aparências. Acusaram-nos de agradar à arte, quer pelos temas banais, por vezes ofensivos, quer pelas cores excessivamente mortas, de bom gosto, quer pela falta de elaboração e conceptualização das composições. No entanto, para os seus defensores, a representação da realidade em sensível era a última palavra em audácia artística.

Fonte: Wikipedia (CC-BY)

Galeria de imagens de Pintura realista

[ REPORTAR ERRO / CONTRIBUIR ]

Vídeos relacionados

Ilustración realista, acrílico sobre lienzo


Pinturas increíblemente realistas


Pintura Realista


 

Faltou alguma informação?

Adicione mais conteúdo relevante sobre o assunto acima:

Estou de acordo com o termo de uso    







 

2016 | ConhecimentoGeral
Disponibilizado nos termos da licença Creative Commons: Atribuição - Compartilhada Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0)