ConhecimentoGeral

// Definição, referências, fotos e vídeos de termos e assuntos de conhecimento geral //


Grandeza vectorial


Em geometria analítica, um vetor (português brasileiro) ou vector (português europeu) [nota 1] é uma classe de equipolência de segmentos de reta orientados, que possuem todos a mesma intensidade (denominada norma ou módulo), mesma direção e mesmo sentido. Em alguns casos, a expressão vetor espacial também é utilizada.[carece de fontes?]

Neste contexto, um vetor a {displaystyle mathbf {a} } pode ser representado por qualquer segmento de reta orientado que seja membro da classe deste vetor (ou seja: pode ser representado por qualquer segmento de reta orientado que possua os mesmos módulo, direção e sentido de qualquer outro segmento da referida classe). E se o segmento A B ¯ {displaystyle {overline {AB}}} (segmento de reta orientado do ponto A para o ponto B) for um representante do vetor a , {displaystyle mathbf {a} ,} então podemos dizer que o vetor a {displaystyle mathbf {a} } é igual ao vetor A B → . {displaystyle {overrightarrow {AB}}.} Temos ainda a representação do vetor como um número complexo na forma z = a + b i {displaystyle z=a+bi} onde a {displaystyle a} representa a abcissa e b {displaystyle b} representa a ordenada desse vetor.

De maneira mais formal, um vetor é definido como sendo uma classe de equipolência de segmentos de reta orientados de V n {displaystyle mathbb {V} ^{n}} , em que V n {displaystyle mathbb {V} ^{n}} representa um espaço vetorial de n dimensões. Assim sendo, em um espaço vetorial de 3 dimensões ( V 3 {displaystyle mathbb {V} ^{3}} ), cada vetor será dotado de três coordenadas, comumente denominadas x, y e z.

Quando falamos em distância geométrica "de A para B", podemos imaginar que o ponto A está sendo "carregado" até chegar ao ponto B[nota 2]

Muitas operações algébricas nos números reais possuem formas análogas para vetores. Vetores podem ser adicionados, subtraídos, multiplicados por um número e invertidos. Essas operações obedecem às conhecidas leis da álgebra: comutatividade, associatividade e distributividade. A soma de dois vetores com o mesmo ponto inicial pode ser encontrada geometricamente usando a regra do paralelogramo. A multiplicação por um número positivo (comumente chamado escalar), nesse contexto, se resume a alterar a magnitude do vetor, isto é, alongando ou encurtando-o porém mantendo o seu sentido. A multiplicação por -1 preserva a magnitude mas inverte o sentido. As coordenadas cartesianas fornecem uma maneira sistemática de descrever e operar vetores.

Os vetores desempenham um papel importante na física: velocidade e aceleração de um objeto e as forças que agem sobre ele são descritas por vetores. É importante ressaltar, no entanto, que os componentes de um vetor físico dependem do sistema de coordenadas usado para descrevê-lo. Outros objetos usados para descrever quantidades físicas são os pseudo-vetores e tensores.

Os vetores têm aplicação em várias áreas do conhecimento, tanto técnico quanto científico, como física, engenharia e economia, por exemplo, sendo os elementos a partir dos quais se constrói o Cálculo Vetorial.

Fonte: Wikipedia (CC-BY)

Galeria de imagens de Grandeza vectorial

[ REPORTAR ERRO / CONTRIBUIR ]

Vídeos relacionados

GRANDEZA ESCALAR e GRANDEZA VETORIAL


Me Salva! VET05 - Produto vetorial, explicação teórica e como calcular


Me Salva! VET01 - "O que são vetores" e propriedades básicas








 

2016 | ConhecimentoGeral
Disponibilizado nos termos da licença Creative Commons: Atribuição - Compartilhada Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0)