ConhecimentoGeral

// Definição, referências, fotos e vídeos de termos e assuntos de conhecimento geral //


Feminismo radical


O feminismo radical é uma perspectiva dentro do feminismo que exige um reordenamento radical da sociedade em que a supremacia masculina é eliminada em todos os contextos sociais e econômicos. As feministas radicais procuram abolir o patriarcado ao desafiar normas e instituições sociais existentes, em vez de através de um processo puramente político. Isso inclui desafiar a noção de papéis tradicionais de gênero, opondo-se a objetificação sexual das mulheres e procurar sensibilizar a opinião pública sobre o estupro e a violência contra as mulheres.

O feminismo radical surgiu dentro da Segunda onda do feminismo na década de 1960, e considerava o patriarcado como um "fenômeno trans-histórico" anterior ou ainda mais profundo do que outras fontes de opressão e "não só a forma mais antiga e universal de dominação, mas a principal forma de dominação" e o modelo de todas as outras dominações. As políticas posteriores derivadas do feminismo radical variavam desde o feminismo cultural até políticas mais sincréticas que colocavam questões de classe, economia, etc em igualdade com o patriarcado como origens da opressão. As feministas radicais localizam a raiz da opressão das mulheres nas relações de gênero patriarcais, ao contrário dos sistemas jurídicos (como no feminismo liberal), conflito de classes (como no feminismo anarquista, o feminismo socialista ou o feminismo marxista).

Fonte: Wikipedia (CC-BY)

Galeria de imagens de Feminismo radical

[ REPORTAR ERRO / CONTRIBUIR ]

Vídeos relacionados

O QUE É O FEMINISMO RADICAL?


Vertentes do Feminismo - Parte I


Camille Paglia fala sobre o feminismo radical e expõe algumas verdades








 

2016 | ConhecimentoGeral
Disponibilizado nos termos da licença Creative Commons: Atribuição - Compartilhada Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0)