ConhecimentoGeral

// Definição, referências, fotos e vídeos de termos e assuntos de conhecimento geral //


Febre do feno


Rinite alérgica, conhecida popularmente por febre dos fenos, é um tipo de inflamação do nariz que ocorre quando o sistema imunitário tem uma reação excessiva aos alergénios no ar. Os sinais e sintomas incluem congestão ou corrimento nasal, espirros e comichão nos olhos, que se podem tornar vermelhos e inflamados. O muco que escorre do nariz é geralmente límpido. Os sintomas têm geralmente início poucos minutos após a exposição ao alergénio e podem afetar o sono, a capacidade de trabalho e a capacidade de concentração. Nas pessoas alérgicas ao pólen, os sintomas geralmente ocorrem com maior intensidade durante determinadas épocas do ano. Muitas pessoas com rinite alérgica também apresentam asma, conjuntivite alérgica ou dermatite atópica. Os sintomas da rinite alérgicca são semelhantes aos da constipação; no entanto, raramente duram mais do que duas semanas e não incluem febre.

O desenvolvimento de alergias é uma combinação de herança genética e de exposição a fatores ambientais. A rinite alérgica é geralmente desencadeada por alergénios ambientais, como o pólen, pêlo de animais, pó ou bolor. O mecanismo subjacente envolve a ligação de anticorpos IgE ao alergénio, o que causa a libertação de químicos anti-inflamatórios dos mastócitos, como a histamina. O diagnóstico geralmente tem por base o historial clínico em conjugação com testes cutâneo-alérgicos ou análises ao sangue para detectar anticorpos IgE específicos. No entanto, estes testas apresentam frequentemente falsos positivos.

Crescer no meio rural e ter vários irmãos aparenta diminuir o risco. A exposição a animais no início da vida aparenta diminuir o risco de desenvolver posteriormente alergias ao pelo. Estão disponíveis vários medicamentos para alívio dos sintomas, incluindo esteroides nasais, anti-histamínicos como a difenidramina, cromoglicato e antagonistas do receptor de leucotrieno. No entanto, para muitas pessoas a medicação não é suficiente ou está associada a efeitos secundários. A exposição a quantidades cada vez maiores de alergénios, denominada por imunoterapia com alergénios, pode ser eficaz em casos graves. O alergénio pode ser administrado por via intravenosa ou como comprimido sublingual. O tratamento geralmente tem a duração de três a cinco anos.

A rinite alérgica é o tipo de alergia que afeta o maior número de pessoas. Nos países ocidentais, entre 10 e 30% das pessoas são afetadas todos os anos pela doença. É mais comum entre os 12 e os 40 anos de idade. A primeira descrição precisa da doença foi feita pelo médico do século X Rasis. Em 1859, Charles Blackley identificou o pólen como causa da doença. Em 1906, Clemens von Pirquet identificou o mecanismo. A ligação ao feno deve-se a uma antiga (e incorreta) teoria de que os sintomas seriam espoletados pelo aroma do feno novo.

Fonte: Wikipedia (CC-BY)

Galeria de imagens de Febre do feno

[ REPORTAR ERRO / CONTRIBUIR ]

Vídeos relacionados

08 Você Sofre de Renite Alérgica (Febre do Feno)?


Aparelho para tratamento de Rinite Bionase


Kokoro e Naru em: A febre do feno








 

2016 | ConhecimentoGeral
Disponibilizado nos termos da licença Creative Commons: Atribuição - Compartilhada Igual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0)